Dicas

O que esperar das formaturas pós-pandemia? Confira as tendências

Escrito por: Marina Holanda

Se você, assim como tantos estudantes, sentiu como se o sonho de realizar uma festa de graduação escapasse por entre os dedos com a chegada do coronavírus, pode acalmar o coração. Diversas medidas estão sendo tomadas para que as formaturas pós-pandemia possam acontecer.

Antes da disseminação do coronavírus, um evento deste porte já exigia uma organização impecável. Para garantir boas lembranças, era preciso que o local, decoração, buffet, bebidas, música, lista de convidados, trajes e, claro, arrecadação para bancar tudo isso estivessem sob controle por parte da comissão.

No entanto, essas questões deram lugar a preocupações mais complexas: a saúde e bem-estar geral e a possibilidade de não realizar este evento tão importante para quem está encerrando um ciclo, como o Ensino Médio ou uma Graduação.

Não faltaram alternativas para tentar driblar o novo coronavírus e garantir uma cerimônia adequada. Estudantes de Ciências da Computação e Sistemas de Informação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por exemplo, levaram a festa ao ambiente on-line inspirado no jogo Minecraft.

Também surgiram as formaturas drive-thru para quem não abre mão da celebração presencial. As instituições de ensino organizaram mesas com os membros da solenidade em um local aberto e os alunos aguardavam dentro do carro até a sua vez de receber o canudo, sem qualquer contato físico com os demais presentes. A transmissão do evento era feita pelas redes sociais para que familiares e amigos pudessem participar da ocasião.

Mas será que este é o futuro da formaturas pós-pandemia?

Há esperanças para 2021?


Ainda que as festas tenham sido adiadas para evitar aglomerações, muitos formandos e fornecedores estão confiantes e animados para realizá-las da forma como estamos habituados a partir do segundo trimestre de 2021. Tudo depende da situação relacionada ao coronavírus em cada um dos estados brasileiros.

Há locais em que eventos deste porte podem ser realizados na fase laranja (risco epidemiológico médio) ou amarela (risco epidemiológico baixo), desde que com até 100 ou 150 convidados. No entanto, a maioria passa a permitir a realização de grandes festas somente em locais que estejam na fase verde, onde o risco de contágio é menor.

Outro ponto de atenção para que as formaturas pós-pandemia possam acontecer é a aglomeração de pessoas em um local. A maioria dos eventos fechados só recebe autorização caso atenda ao pré-requisito de lotação máxima de 30% ou 40% do ambiente, com distanciamento de 1 a 2 metros.

Além disso, foram potencializadas outras medidas de segurança para que a festa pudesse ser realizada com tranquilidade, como a mudança no comportamento das pessoas. A pandemia fez com que surgissem tendências na organização destes eventos. Não só o figurino teve suas alterações, mas também a forma de arrecadação e até mesmo a localização das festas. Confira a seguir.

Seis tendências das formaturas pós-pandemia 


1) Local: uma das formas mais eficientes de prevenir a contaminação é o distanciamento e a circulação de ar. Por essa razão, muitos formandos estão optando por fazer os maiores eventos, como colação de grau e baile, em lugares abertos que possibilitam um ambiente mais seguro a todos os presentes na celebração.

2) Arrecadação: infelizmente, diversas empresas de formatura fecharam durante a pandemia por não terem dinheiro em caixa suficiente para se sustentarem enquanto não fechavam novos contratos. Por conta disso, alguns graduandos não conseguiram realizar o evento ou recuperar os valores já pagos.

Outros tiveram que recorrer à justiça para cancelar a festa e receber o que foi investido nisso, uma vez que companhias recusaram ambas opções para não falir. Por isso, as próximas turmas já estão de olho em formas de arrecadar verba para suas festas por conta própria, o que traz mais autonomia e segurança para o dinheiro arrecadado.

3) Convidados: ainda que o número de pessoas não seja reduzido, medidas como evitar o convite de familiares do grupo de risco são as mais adequadas. É importante ressaltar que a quantidade de convidados depende da liberação de cada estado e as formaturas pós-pandemia devem seguir as regras impostas.

4) Cuidados extras: a máscara facial e o álcool em gel não nos deixarão tão cedo e isso também vale para as festas. A tendência é disponibilizar e incentivar o uso de ambos. No caso das máscaras, seu uso é obrigatório para os convidados nos eventos que não tenham alimentação – exceto na hora das fotos, em que está liberado exibir um sorrisão com o distanciamento de 1,5 metro!

5) Manual de instruções: é muito importante que todas as pessoas que farão parte da formatura estejam cientes das medidas de segurança. Para tal, vale enviar um guia com instruções para formandos e convidados sobre usar máscara, evitar ir caso tenha sintomas de gripe, não compartilhar copos e talheres, entre outros.

6) Investimento: quem entende de investimento sabe que dinheiro “parado” desvaloriza. Sendo assim, uma tendência que já se via para este ano e que deve seguir em alta é o interesse por investir o dinheiro arrecadado. Assim, tudo o que os estudantes juntarem acompanha os valores de mercado e te permite realizar mais.

Como a Sua Formatura pode ajudar os formandos?


Apesar de um cenário cheio de incertezas, é preciso olhar para frente e vislumbrar o futuro promissor e alegre das formaturas pós-pandemia. E para que isso possa acontecer o quanto antes, a Sua Formatura tem auxiliado formandos a organizá-las de forma simples e ágil, facilitando todo processo de planejamento, organização e realização das festas, por permitir fazer tudo isso de forma on-line.

Além disso, em nosso blog, as turmas têm acesso a conteúdos relevantes, que vão desde quanto custa uma formatura, como resolver os conflitos com a comissão até os erros que não se deve cometer na organização. Tudo para que esse momento seja motivo apenas de boas memórias.

Você já parou pra pensar como serão as formaturas a partir de 2021? Então conta pra gente nos comentários quais são as suas preocupações e o que vai ser tendência na sua festa!

ebook formatura em 5 passos
Marina Holanda
Marina Holanda

Relações Públicas, especialista em Comunicação Digital, produtora de conteúdo e amante de podcast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *