Arrecadação

Gastar pouco com a formatura e ter a festa dos sonhos? É possível!

Escrito por: Marina Holanda

A formatura representa um fim de ciclo importante na vida das pessoas e merece uma festa à altura. Entretanto, para cada serviço contratado, é preciso gastar uma determinada quantia – e não são todos que têm condições de pagar. Mas há uma boa notícia: é possível gastar pouco com a formatura e, mesmo assim, ter a festa dos sonhos. 

É uma situação que exige planejamento e muita conversa entre os formandos e a comissão. É claro que cada um tem sua preferência de como deve ser a festa, mas é preciso chegar a um denominador comum não apenas no estilo, mas principalmente nas condições financeiras para contratar os fornecedores. 

A conta é simples: um espaço maior para abrigar mais convidados tem um preço de aluguel mais elevado do que um local menor. Contratar uma banda ao vivo pode ser mais caro do que um único DJ. Disponibilizar jogos de salão, como sinuca, é um custo a mais. Isso sem falar em serviços essenciais, como buffet, seguranças, iluminação, etc. 

A grande preocupação dos formandos em fazer uma festa mais barata é não atender seus desejos e sonhos depois de vários anos de dedicação nos estudos. Mas não se engane: gastar pouco com a formatura não tem relação com a qualidade da festa em si e tampouco com o simbolismo que ela traz. 

Em suma: uma comemoração mais em conta pode ser melhor e mais divertida para os formandos e seus convidados do que uma celebração grandiosa. Para isso, basta seguir alguns passos que auxiliam na organização e, sobretudo, na arrecadação de valores. 

+ SAIBA PORQUE É PRECISO CONTROLAR A ARRECADAÇÃO! CLIQUE AQUI!

Primeiro passo começa com planejamento



Antes de cotar e negociar com os fornecedores, de idealizar todos os elementos da festa e iniciar a arrecadação, a primeira etapa é colocar os “pingos nos is”. Isto é, ter um debate franco e aberto com toda a turma para viabilizar a formatura e saber quais são os desejos e necessidades de cada estudante. 

Essa medida é fundamental porque promove um alinhamento entre o que a turma gostaria de ter e o que de fato ela pode pagar. Nessa conversa, é preciso que todos opinem para chegar a um acordo sobre como gastar pouco com a formatura, mas sem deixar de lado cada ponto importante para a festa, como tamanho, local, música, jantar, entre outros. 

Dessa forma, a comissão já tem um pré-roteiro da sua festa de formatura e consegue elaborar um orçamento médio adequado. Com os valores em mãos, basta dar o próximo passo e elaborar a estratégia de arrecadação para garantir maior economia às pessoas ao mesmo tempo em que levanta os valores necessários. 

Seis dicas para gastar pouco com a formatura



A mensalidade de cada aluno segue como principal fonte de financiamento da festa de formatura. Contudo, algumas iniciativas conseguem reduzir esse valor, permitindo que o formando desembolse uma quantia menor sem impactar a qualidade da comemoração. Confira seis dicas: 

Arrecadação antecipada


Não há segredo: a melhor forma de economizar é começar a pagar a formatura o quanto antes. Isso permite não só reduzir o valor das parcelas, como também possibilita obter o dinheiro de outras formas. Para isso, mobilize a turma logo nos primeiros períodos e explique todos os benefícios. Qualquer valor arrecadado cedo ajuda a economizar no futuro. 

Arrecadação extra


Para gastar pouco com a formatura, é essencial a turma pensar em alternativas para conseguir um dinheiro a mais. São inúmeras opções: rifas, eventos adicionais, bazar, vaquinha, entre outros. Adotar essa estratégia desde o início do curso pode render até 50% do valor necessário para a formatura. 

Festa mais enxuta


Por mais que o sonho seja fazer uma formatura grandiosa, às vezes uma festa mais enxuta ajuda a caber no orçamento e não interfere em nada na comemoração. Não precisa ter vergonha em fazer um baile menor do que a turma anterior. Quando a sala quer gastar menos, é melhor fazer uma mais econômica do que deixar a data passar em branco. 

Investimento financeiro


Conforme a turma for arrecadando os valores, uma dica é investir em ativos no mercado financeiro. Isso faz com que o dinheiro não fique parado em uma conta e, ao longo dos meses e anos, possa render um saldo a mais que possibilite economizar nas parcelas dos formandos.

Planos mais baratos de adesão


Quando nem todos os formandos querem esbanjar, é possível criar planos diferenciados para participar de apenas alguns dos eventos organizados. Assim, o valor final também fica mais barato e a pessoa consegue gastar pouco com a formatura. Essa estratégia precisa ser conversada e debatida com a comissão. 

Arrecadações individuais


Quando a vontade de curtir a formatura não combina com o bolso, uma opção é o formando colocar a mão na massa e ele próprio lutar por um dinheiro extra. Ele também pode organizar suas próprias rifas e vaquinhas ou até vender produtos. Isso ajuda a pagar as mensalidades em dia sem comprometer seu orçamento. 

+ QUER MAIS DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE FORMATURAS? ACESSE NOSSO FACEBOOK, INSTAGRAM E YOUTUBE!

Tecnologia ajuda com a gestão financeira 



Agora que você já viu como arrecadar um dinheiro a mais e gastar pouco com a formatura, é preciso fazer a gestão financeira adequada desses valores. Mas não precisa abrir planilhas de Excel e fazer isso manualmente!

A tecnologia pode – e deve – ser uma aliada nesse sentido! Nós, da Sua Formatura, disponibilizamos uma plataforma que te ajuda a gerenciar todos os aspectos da formatura, desde a arrecadação até a gestão dos fornecedores. E aí? Como está a arrecadação da sua turma? Está conseguindo economizar? Aproveite e baixe nosso e-book para sua turma ter dinheiro de sobra para a formatura!

Marina Holanda
Marina Holanda

Relações Públicas, especialista em Comunicação Digital, produtora de conteúdo e amante de podcast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *