Organização

CNPJ para formatura: como pode ajudar sua turma?

Escrito por: Marina Holanda

Organizar a própria festa de formatura não deixa de ser uma experiência de empreendedorismo para os formandos. Entre negociações e contratos, eles cuidam de receitas e despesas e traçam planos para atingir as metas. Dessa forma, não é coincidência que muitas turmas buscam abrir um CNPJ para formatura

A medida não é obrigatória, mas pode dar uma proteção a mais para a comissão. Com ele, o fechamento de contratos com fornecedores realmente fica mais transparente e evita também problemas com a Receita Federal no processo de arrecadação do dinheiro. A turma realmente vira uma empresa no fim das contas. 

São tantos detalhes envolvidos que todo cuidado é pouco para garantir mais transparência e segurança na organização do evento. Os estudantes nem percebem, mas lidam com grandes quantias de dinheiro e precisam definir bem os prestadores de serviços para não correr nenhum risco de mau negócio. 

O CNPJ para formatura é uma das alternativas mais eficientes nesse sentido. Se organizar a festa é igual a comandar uma empresa, nada mais justo que adotar as mesmas táticas, não é mesmo? Isso vale para o marketing, para arrecadação financeira e, claro, para a estrutura legal da comissão. 

Entretanto, abrir uma empresa não é uma tarefa tão simples assim. Primeiro, os formandos precisam compreender o tema e saber suas particularidades para levantar a documentação necessária. Quer saber mais? Então continue no texto para mais informações! 

+ JÁ OUVIU FALAR EM ESTATUTO DA COMISSÃO DE FORMATURA? SAIBA MAIS

Modelo de estatuto da comissão


O que é CNPJ? 



É uma sigla que significa Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica. É uma sequência numérica que a Receita Federal designa na abertura de uma empresa e que vai identificá-la posteriormente. É praticamente o CPF para as organizações. 

Por que sua turma precisa de um CNPJ? 



Abrir um CNPJ não é obrigatório para os formandos. Com o apoio das melhores plataformas digitais, a organização também está protegida de eventuais problemas com a Receita Federal. Mas esse procedimento ajuda a profissionalizar ainda mais o trabalho da turma e auxilia na abertura de conta em banco, caso vocês prefiram.

Além disso, a comissão pode ter acesso a diversos benefícios. Entre eles, podemos destacar a maior facilidade de crédito em instituições financeiras para cobrir eventuais emergências.

O que é preciso fazer para abrir um CNPJ? 



Para criar um CNPJ para formatura, o primeiro passo consiste em definir os membros que farão parte da diretoria da associação. A quantidade mínima é de cinco pessoas e nada mais é do que a comissão definida pelos formandos, com presidente, vice, primeiro e segundo secretário e um tesoureiro. 

Logo em seguida, é fundamental contratar os serviços de um contador. Ele precisa assinar a abertura da empresa e pode apoiar os jovens em todo o processo. Depois, basta compilar alguns documentos tanto das pessoas integrantes quanto da associação a ser criada. Confira: Cópia de RG, CPF, certidão de nascimento (e casamento, se houver), comprovante de endereço e informação sobre a profissão dos membros; 

  • Cópia do comprovante de endereço da sede da empresa; 
  • Cópia do IPTU ou outro documento que mostre a inscrição imobiliária e as informações das edificações do local; 
  • Informação sobre a razão social; 
  • Informação sobre o nome fantasia; 
  • Assinaturas do advogado e do contador. 

Quanto custa abrir um CNPJ para formatura? 



As despesas necessárias para abrir uma empresa depende do estado onde a turma estuda. Isso porque os custos de cartório costumam variar entre as unidades de federação. Os gastos normalmente envolvem os documentos de arrecadação (DARF e DARE), junta comercial e até certificado digital em alguns casos. 

Estima-se que abrir o CNPJ para formatura custe entre R$ 500 e R$ 1500 com a burocracia no cartório e o trabalho essencial do contador. Aliás, na dúvida, converse com esse profissional para se informar de todas as obrigatoriedades legais no seu estado.  

+ CONHEÇA OS PRINCIPAIS CUIDADOS NA ARRECADAÇÃO DA FORMATURA! CLIQUE AQUI!

Quais são as tarefas com o CNPJ durante a organização? 



Uma vez que o CNPJ está aberto, a comissão de formatura passa a ser uma empresa do ponto de vista legal. Portanto, ela precisa cumprir as mesmas obrigações de qualquer negócio no país, principalmente com a Receita Federal e os órgãos estaduais e municipais. 

Entre as responsabilidades estão a obrigatoriedade de enviar informações mensais e anuais para os fiscos, o que demanda uma prestação de contas mensal com o auxílio do contador. Além disso, há o pagamento de taxas na contratação de produtos e serviços para a realização da festa, e a solicitação de nota fiscal para todos os acordos fechados. 

A formatura acabou. E agora? 



A graduação acabou e a festa foi um sucesso, mas antes de pensar exclusivamente na sua carreira, é preciso encerrar o CNPJ para formatura. Para isso, a comissão deve fazer todo o levantamento contábil para o contador fechar o Balanço Patrimonial da empresa e, depois disso, prosseguir com a baixa empresarial nos órgãos competentes. 

Ah, e não esqueça de deixar uma quantia em dinheiro no orçamento da formatura para realizar esse procedimento. Da mesma forma que abrir a empresa tem um custo, encerrá-la também gera uma despesa para os responsáveis – e os valores novamente variam de estado para estado!

+ QUER MAIS DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE FORMATURAS? ACESSE NOSSO FACEBOOK, INSTAGRAM E YOUTUBE!

Confie em quem conhece! 



Abrir um CNPJ para formatura não é uma tarefa simples e todo cuidado é pouco para proteger a sua turma de eventuais problemas na organização da festa. Para isso, é importante contar com o apoio de empresas que oferecem não só a melhor solução de tecnologia, como também possui experiência com formatura! 

Nós, da Sua Formatura, temos uma plataforma completa para quem quer arrecadar, além de oferecer uma assessoria completa para os formandos, apoiando suas decisões enquanto organizam a festa dos sonhos. Cuidamos de diversos assuntos: do planejamento de arrecadação até a negociação de fornecedores. Tudo para encontrar as melhores oportunidades para a sua turma! 

O que você achou do texto? Sua turma cogita abrir um CNPJ? Cadastre sua turma e descubra como podemos ajudá-lo nessa tarefa!

Texto escrito em parceria de Larissa Costa de Albuquerque e Cynthia Gama da Silva, da Ella’s Contabilidade.

ebook formatura em 5 passos
Marina Holanda
Marina Holanda

Relações Públicas, especialista em Comunicação Digital, produtora de conteúdo e amante de podcast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *